García aceita renúncia da ministra do Interior peruana

O presidente do Peru, Alan García, aceitou neste sábado, 24, a renúncia da ministra do Interior, Pilar Mazzetti, que estava na mira de um escândalo nas últimas semanas por supostas irregularidades na compra de veículos para a polícia.O presidente do Conselho de Ministros, Jorge del Castillo, confirmou a aceitação da renúncia em entrevista a Radio Programas del Perú.Castillo disse que o presidente concordou com a desocupação do cargo proposta na noite de quinta-feira por Mazzetti.A ministra enfrenta uma interpelação no Congresso, após ter destituído vários funcionários de seu ministério pelo suposto superfaturamento de uma frota de veículos para a polícia.O chefe de Estado manteve seu respaldo à funcionária até os últimos dias, mas a pressão da oposição e da imprensa, que revelou as negociações para a aquisição dos veículos, forçou a saída de Mazzetti, uma das ministras mais respeitadas do gabinete.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.