Garcia: Lula deve falar hoje com Sarkozy sobre Haiti

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva deverá conversar por telefone na tarde de hoje com o presidente da França, Nicolas Sarkozy, sobre a ajuda às vítimas do terremoto ocorrido na terça-feira no Haiti. Segundo o assessor especial da Presidência da República para Assuntos Internacionais, Marco Aurélio Garcia, Sarkozy vai ligar para Lula para "coordenar informações" a respeito das medidas tomadas por cada país.

LUCIANA NUNES LEAL, Agencia Estado

14 de janeiro de 2010 | 12h41

Ontem, Lula falou com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. Garcia contou que, além de tratarem das ações emergenciais, Obama e Lula mencionaram a necessidade de um esforço para reconstrução permanente do Haiti. "Temos que dividir nossa atenção em duas dimensões", disse. "Existe a situação emergencial. O país está em uma situação caótica, temos que evitar epidemias, salvar os feridos, impedir que o clima de anomia social provoque saques e outras manifestações de violência. Com a autoridade que missão das Nações Unidas no Haiti conquistou, acredito que será relativamente fácil."

No entanto, de acordo com o assessor, Lula disse que a ocasião deveria servir para um "grande esforço no sentido de reconstruir efetivamente o Haiti". Para o assessor especial, uma das iniciativas da comunidade internacional deve ser o estímulo para investimentos de empresas no Haiti.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.