Garoto de 16 anos morre em manifestação

O governo do Bahrein anunciou ontem a abertura de uma investigação para apurar as circunstâncias da morte de um garoto de 16 anos em um protesto na capital. Segundo a oposição local, ele morreu em meio à repressão de forças policiais a manifestações que marcavam o segundo aniversário dos levantes contra a monarquia bareinita. Os grupos de oposição convocaram uma greve geral para hoje.

O Estado de S.Paulo

15 Fevereiro 2013 | 02h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.