Garoto descobre pela internet que a mãe o seqüestrou

Autoridades detiveram a mãe de um menino de 17 anos depois de seu filho ter visto a própria foto em uma página na rede mundial de computadores sobre crianças desaparecidas e descobrir que sua mãe era acusada de seqüestrá-lo do pai 14 anos atrás. Com base em uma ordem internacional de captura emitida pelo Canadá, agentes americanos detiveram Giselle-Marie Goudreault, de 45 anos, em sua casa no Vale de São Fernando, Califórnia. Goudreault "ficou em choque e estava muito emotiva" quando foi presa em 11 de fevereiro, disse Jimell Griffin, um agente federal americano em Los Angeles. O pai do menino tem a custódia sobre o filho. Segundo Griffin, a mulher não devolveu o garoto depois de visitá-lo mediante autorização judicial. O garoto, cuja identidade não foi revelada, viu sua própria foto, tirada quando ele tinha três anos, em um site de crianças canadenses desaparecidas há alguns meses e relatou o caso a um professor, disseram autoridades. O professor entrou em contato com a polícia, que confirmou a história junto às autoridades canadenses. Griffin contou que o jovem ficou triste ao ver sua mãe sendo presa e tentou confortá-la quando era levada. Gouldreault primeiro levou seu filho para o México. Em 1995, ela mudou-se para os arredores de Los Angeles. Ele voltou a casar-se duas vezes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.