Garoto testou negativo para ebola em Nova York

Autoridades médicas afirmaram que o garoto de cinco anos de Nova York que recentemente viajou para a África Ocidental e tinha febre não está contaminado pelo ebola.

Estadão Conteúdo

27 de outubro de 2014 | 21h12

O menino voltou da Guiné com a família no sábado e se sentiu doente no domingo, quando seus país chamaram as autoridades. Agentes de resposta emergencial em trajes especiais levaram ele e a mãe para o Hospital Bellevue, em Manhattan.

Nesta segunda-feira, o garoto apresentou febre, mas testou negativo para o vírus. Ele será submetido a novos testes e será mantido no hospital até esses resultados serem liberados. A mãe do menino está bem.

Um médico que também esteve na Guiné continua em estado grave, porém estável, após testar positivo para ebola, na última semana. Ele estava tratando pacientes com o vírus. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAebolagaroto Nova York

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.