Garotos e treinador resgatados de caverna na Tailândia terão alta na quinta-feira

Neste sábado, novos vídeos foram divulgados, em que os meninos agradecem em tailandês e inglês

O Estado de S.Paulo

14 Julho 2018 | 04h48

Os doze garotos e o treinador que foram resgatados de dentro de uma caverna no norte da Tailândia, em que ficaram presos por mais de duas semanas, receberão alta médica na próxima quinta-feira, informaram as autoridades neste sábado.

O Ministro da Saúde da Tailândia, Piyasakol Sakolsatayadorn, disse à imprensa que todos os doze garotos, que possuem entre 11 e 16 anos de idade, e o treinador, de 25 anos, deixarão o hospital de Chiang Rai no mesmo dia, de acordo com a mídia local. Os médicos que os trataram disseram anteriormente que os quatro primeiros resgatados, que deixaram a caverna no domingo, 8, poderiam sair neste domingo.

O anúncio de quando eles receberão a alta médica ocorre no mesmo dia em que dois novos vídeos foram divulgados, em que cada um dos resgatados agradecem à câmera, em tailandês. Eles dizem que estão bem, alguns falam sobre o que gostariam de comer e há até agradecimentos em inglês.

O grupo entrou na caverna Tham Luang, localizada no norte da província de Chiang Rai, durante uma excursão no sábado, 23 de junho, depois de um treinamento, quando uma tempestade repentina inundou a saída. Eles só foram localizados nove dias depois, sem comida e a quatro quilômetros da entrada, em 2 de julho, e foram resgatados entre os dias 8 e 10.

+ Último mergulhador a deixar caverna na Tailândia relata momentos dramáticos

As equipes de busca e salvamento, que chegaram a formar mais de mil pessoas, sedaram e os transportaram em macas e debaixo d'água nas seções inundadas até a saída. O almirante Arpakorn Yuukongkaew, da marinha tailandesa, revelou que quando soube da situação, já sentia "um pouco de esperança".

"No final, essa pequena esperança se tornou realidade. Eles fizeram tudo muito bem, especialmente o treinador. Até onde eu sei, o treinador era um monge (budista), então ele conhece técnicas de meditação e usou-as para acalmar as crianças", explicou o soldado.

+ Meninos tailandeses dormiram amontoados para amenizar frio em caverna

As autoridades tailandesas vão transformar a caverna em um "museu vivo" e Hollywood prepara dois filmes diferentes que devem narrar o resgate./EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.