Gates: pode haver avanço na retirada dos EUA do Iraque

O secretário de Defesa dos Estados Unidos, Robert Gates, disse enxergar "alguma chance de aceleração modesta" da retirada de tropas norte-americanas do Iraque. A bordo de um avião militar, Gates afirmou, sem dar mais detalhes, que talvez uma brigada de combate dos EUA deixe o Iraque antes do previsto. De acordo com ele, o general Ray Odierno, comandante das forças norte-americanas no país árabe, afirmou a Gates que a situação no Iraque se desenrolou melhor do que as expectativas.

AE-AP, Agencia Estado

29 de julho de 2009 | 12h19

Os EUA retiraram suas forças das principais zonas urbanas do Iraque no dia 30 e as reposicionou em bases no interior do país. Segundo um acordo firmado entre Washington e Bagdá, os EUA têm até o fim de 2011 para retirar todos os seus soldados do Iraque. Entretanto, o presidente norte-americano, Barack Obama, tem planos de retirar todas as tropas de combate até o dia 31 de agosto de 2010, deixando até o fim de 2011 um grupo de 30.000 a 50.000 soldados que se dedicariam a atividades de assessoria e treinamento.

Tudo o que sabemos sobre:
IraqueGatestropsretirada

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.