Gato sobrevive a um mês trancado em contêiner

Ao abrir a caixa de uma encomenda vinda da China por navio, um comerciante de Tampa (Flórida, EUA) levou um susto ao se deparar com um item que não havia encomendado - um gato subnutrido. O animal, uma fêmea, batizada como China pelo pessoal da transportadora, pesava apenas 1,35 quilo, depois de ficar fechado dentro do contêiner durante a viagem de um mês de duração. Norman Goldberg, proprietário de uma empresa que vende gaiolas para pássaros, disse ter descoberto o gato há uma semana, quando recebeu várias caixas de uma encomenda de gaiolas feitas na China. O felino viajante aparentemente começou sua jornada no início de março em uma fábrica chinesa, onde os operários colocaram as gaiolas em caixas de 12 metros quadrados para a viagem. O contêiner chegou por navio em Los Angeles em 1º de abril e daí seguiu de trem até Tampa. Após ser resgatada, China recebeu soro e alimentação por via intravenosa em um ambulatório e depois foi encaminhada para uma clínica veterinária particular para ser submetida a alguns exames. Se a gata for saudável, poderá ser adotada. "O que eu espero que aconteça", disse Goldberg, uma vez que o animal "já usou a maior parte de suas sete vidas".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.