Gato sobrevive após passar 30 minutos em motor de carro

Giggs se escondeu no capô sem que sua dona percebesse.

BBC Brasil, BBC

13 de dezembro de 2010 | 07h33

Único dano sofrido pelo animal foi a perda de algumas unhas

Um gato que se escondeu embaixo do capô de um carro para se aquecer sobreviveu a uma viagem de 30 minutos com o motor ligado, quando sua dona, de Anglesey, no País de Gales, usou o carro para ir ao trabalho.

O gato, chamado Giggs, só foi descoberto pela dona depois que seus colegas de trabalho escutaram miados vindos de dentro do carro.

"Quando me disseram ter ouvido ruídos vindos do carro, achei que estavam brincando comigo", disse a dona do gato, Cerian Griffith, de 21 anos. "Até que a minha mãe me mandou uma mensagem de texto dizendo que o gato havia desaparecido (de casa)."

Quando ela abriu o capô do carro, a cabeça de Giggs "apareceu". "Não tenho ideia de quantas vidas ele tem, mas essa viagem deve ter lhe custado umas três", brincou Griffith.

"Ele estava simplesmente sentado", agregou a dona. "Não entendo como ele conseguiu se manter ali (por tanto tempo)."

Griffith afirmou que o único dano sofrido pelo gato foi ter perdido algumas de suas unhas.

Depois do episódio, Giggs, que já tem 13 anos de idade, voltou a se esconder junto ao motor do carro, mas foi descoberto pela dona antes que ela ligasse o carro.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
país de galesgrã-bretanhagatocapô

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.