Gays são presos por beijo em frente ao Coliseu

A polícia italiana prendeu doishomossexuais acusados de "conduta obscena" por se beijaremdiante do Coliseu, o que na sexta-feira provocou confusão eprotestos. Uma ministra pediu que o governo se desculpe. O incidente ocorreu na noite de quinta-feira, quando osrapazes, de 27 e 28 anos, foram levados para uma delegacia,onde permaneceram por várias horas, segundo a entidade Arcigay,que acusou a polícia de discriminação e convocou oshomossexuais a se reunirem em 2 de agosto no Coliseu para um"beijaço". A polícia negou que tenha havido homofobia. "Não é umaquestão de homossexualidade, mas de legalidade", disse ocoronel Alessandro Casarsa. "Diante da óbvia violação dasnormas que governam um lugar visitado por milhares de pessoas,os dois foram fichados e liberados." A ministra da Saúde, Lívia Turca, se disse constrangida como episódio, dizendo que "uma coisa dessas certamente nãoacontece num país normal". "Espero que esses rapazes recebam umpedido de desculpas, porque isso foi um pouco excessivo",afirmou.(Por Alessandro Corda)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.