Gaza enfrenta falta de energia devido a disputa política

Autoridades palestinas disseram que a usina de energia não está operando e o território está enfrentando cortes de eletricidade devido à escassez de combustível causada por disputas políticas internas.

AE, Agência Estado

10 de novembro de 2013 | 13h56

O porta-voz do governo do Hamas em Gaza, Ihab Ghussein, disse neste domingo que o governo rival na Cisjordânia interrompeu a transferência de combustível para Gaza porque o governo da região não pagou um novo imposto. O Hamas disse que não pode pagar a taxa.

Nos últimos meses, o Egito fechou túneis de contrabando ao longo da fronteira de Gaza que forneciam combustível para o território palestino. O Egito também suspendeu as transferências do combustível financiado pelo Qatar por causa de ataques de militantes contra as forças de segurança egípcias na península do Sinai. As transferências de combustível israelense mais caro continuam.

Os cortes de energia elétrica em Gaza duram agora 12 horas por causa da escassez de combustível. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Gazacorte de energia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.