Gaza: Hamas diz que negociação de trégua foi positiva

Autoridades do Hamas disseram neste domingo que as negociações com Israel mediadas pelo Egito para acabar com o conflito na Faixa de Gaza foram "positivas", mas agora estão focadas nas possíveis garantias do cessar-fogo, informou a AFP.

PAULA MOURA, Agência Estado

18 de novembro de 2012 | 14h09

Uma autoridade, que falou sob condição de anonimato, disse que uma solução aceitável para o Hamas seriam garantias dos Estados Unidos. "Há esforços neste sentido", afirmou. O Hamas quer ter certeza de que "agressão e assassinatos vão ser suspensos", disse outra autoridade.

Pelo menos 55 palestinos e três israelenses foram mortos nos cinco dias de conflito.

O movimento islâmico também exige o fim do embargo que Israel impôs a Gaza em 2007, depois que o Hamas tomou o território, condição que não foi totalmente concedida quando o Hamas concordou com uma trégua em janeiro de 2009, no último grande conflito na região. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
IsraelGazaviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.