Gaza: mortos em escola da ONU sobe para 15

Oficial de saúde disse que outros 40 palestinos ficaram feridos no bombardeio na manhã desta quarta-feira

Agência Estado

30 de julho de 2014 | 04h56

Uma autoridade de saúde da Palestina informou que subiu para 15 pessoas o número de mortos depois de um ataque de tanques contra uma escola da ONU em Gaza, onde centenas de palestinos se refugiaram da ofensiva de Israel contra o Hamas. O

O oficial de saúde Ashraf al-Kidra disse que outros 40 palestinos ficaram feridos no bombardeio na manhã desta quarta-feira.

O porta-voz da Agência da ONU de Assistência aos Refugiados da Palestina, Adnan Abu Hasna, disse que o bombardeio contra a escola Abu Hussein começou por volta das 4h30 (local).

"Nós queremos entender o que aconteceu e quem é o responsável", disse Robert Turner, chefe da Agência de Socorro e Trabalho da ONU.

O Exército de Israel preferiu não comentar o ataque e afirmou que está investigando o ocorrido. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
ISRAELGAZAVIOLÊNCIAATUALIZA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.