Gbagbo apresenta-se para julgamento no TPI

O ex-presidente da Costa do Marfim Laurent Gbagbo apresentou-se ontem ao Tribunal Penal Internacional (TPI), na Holanda, onde é acusado de crimes contra a humanidade. Segundo o procurador-chefe do TPI, Luis Moreno-Ocampo, ao menos 3 mil pessoas morreram após o marfinense rejeitar o resultado das eleições na Costa do Marfim, vencidas pelo atual presidente, Alassane Ouattara.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.