Gêmeos siameses passam bem depois de separação

Os gêmeos siameses filipinos de 2 anos de idade que nasceram unidos pelo crânio estão "fortes e estáveis" depois de terem sido separados em uma cirurgia de alto risco. Os meninos Carl e Clarence Aguirre continuavam anestesiados hoje no Hospital do Centro Médico de Montefiore, em Nova York, onde ocorreu a cirurgia, mas seriam acordados durante a noite. A operação para separar os gêmeos começou na manhã de ontem e terminou às 3h15 de hoje (pelo horário local).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.