General é morto por rebeldes maoístas no Nepal

Um general de brigada e três soldados foram mortos hoje quando o veículo em que viajavam passou por cima de uma mina terrestre plantada por supostos rebeldes maoístas, informou o Ministério da Defesa. O general de brigada Sagar Pandey é o oficial de mais alta patente a ser morto pelos rebeldes, que lutam desde 1996 para pôr fim à monarquia e estabelecer um regime comunista de inspiração maoísta no Himalaia. O incidente ocorreu nas proximidades de Bhaise, cerca de 160 km a oeste de Katmandu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.