Genro do rei espanhol é indiciado por corrupção

O genro do rei Juan Carlos, da Espanha, foi acusado formalmente por indícios de corrupção. Casado com a filha do monarca, Cristina, Iñaki Urdangarin é suspeito de ter desviado recursos públicos no valor de 5 milhões entre 2004 e 2006, quando chefiava uma fundação. A família real anunciou que ele não participará mais de cerimônias oficiais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.