Geórgia aceita plano de cessar-fogo proposto pela UE

A Geórgia aceitou hoje o plano de cessar-fogo proposto pela União Européia para acabar com o conflito entre o país e a Rússia nas províncias separatistas pró-Moscou da Ossétia do Sul e da Abkházia. Antes, o presidente russo, Dmitry Medvedev, já havia anunciado o fim das operações militares na região. As tropas e tanques russos entraram na Geórgia na sexta-feira, em resposta à agressão militar lançada pelo presidente georgiano, Mikhail Saakashvili, um dia antes contra a Ossétia do Sul.Porém, apesar de dizer que a incursão "atingiu seus objetivos", o presidente da Rússia informou que vai manter forças russas na Ossétia do Sul e na Abkházia, como acontecia antes do conflito. O anúncio do fim da incursão russa na Geórgia foi feito em entrevista coletiva de Medvedev ao lado do presidente da França, Nicolas Sarkozy. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.