Geórgia ameaça barrar entrada da Rússia na OMC

A Rússia não poderá entrar na Organização Mundial do Comércio (OMC) sem o consentimento da Geórgia, afirmou o ministro de Relações Exteriores georgiano, Grigol Vashadze, durante um encontro de países que pertenceram à União Soviética.

GUSTAVO NICOLETTA, Agência Estado

28 de abril de 2011 | 15h43

Por já ser membro da OMC, a Geórgia pode tentar vetar a entrada dos russos no organismo e está ameaçando usar esse direito se a Rússia não permitir que o país monitore o movimento de fronteira nas regiões da Abkházia e da Ossétia do Sul. Essas áreas são consideradas pela Geórgia como parte de seu território, mas a Rússia entende que ambas são independentes desde uma guerra entre os dois países em 2008.

Vashadze disse que comentários do ministro de Relações Exteriores da Rússia, Sergey Lavrov, sobre a possibilidade de os russos entrarem na OMC sem o consentimento da Geórgia eram "pura chantagem e blefe". Ele acrescentou que o país não está tentando bloquear a entrada de Moscou na OMC e sim tentando negociar o fim "da situação idiota que a Rússia criou". Autoridades da Geórgia e da Rússia estão reunidas na Suíça para discutir o assunto. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
GeórgiaRússiaOMCtensãofronteiras

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.