Geórgia ameaça bloquear entrada da Rússia na OMC

A Geórgia ameaçou nesta quarta-feira bloquear a entradada Rússia na Organização Mundial do Comércio (OMC), caso Moscou nãosuspenda as sanções impostas pela detenção e posterior deportação dequatro supostos espiões russos. "Se a Rússia não suspender as sanções, a Geórgia poderia bloquearo processo de integração da Rússia na OMC", disse o presidente doBanco Nacional da Geórgia (BNG), Roman Gotsiridze. O presidente do BNG advertiu que as sanções, "inadequadas" e"infundadas", "podem acarretar prejuízos para a própria Rússia tantono plano econômico, como em relação a seu prestígio internacional". A Geórgia já havia revogado em junho passado sua assinatura doprotocolo bilateral firmado em maio de 2004, depois que Moscouproibiu as importações de vinhos, licores e água mineral georgianos. O ministro do Desenvolvimento Econômico e Comércio russo, GermanGref, manifestou nesta quarta-feira seu otimismo sobre a possibilidade de assinarantes do final do ano o protocolo comercial correspondente com osEstados Unidos. Gref considerou "positivas" as negociações comerciais iniciadasna semana passada, em Washington, por uma delegação russa lideradapor Maxim Medvedkov, representante russo nas negociações com osmembros da OMC. A Rússia também não conseguiu ainda concluir as negociaçõescomerciais bilaterais com a Costa Rica, que exige maiorliberalização do mercado do açúcar. Além disso, a Moldávia também ameaçou boicotar a entrada russa naOMC se Moscou não suspender o embargo sobre os vinhos e outrasbebidas moldávias. A Rússia deve concluir as negociações e assinar protocoloscomerciais bilaterais com os 149 países-membros se quiser entrar naOMC.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.