Geórgia decreta trégua e quer negociar fim de conflito

O governo da Geórgia declarou que suas tropas começaram a respeitar um cessar-fogo na província separatista da Ossétia do Sul. O Ministério das Relações Exteriores disse que as tropas pararam de lutar, diante do pedido do presidente Mikhail Saakashvili. As autoridades da Geórgia haviam informado anteriormente que suas tropas haviam deixado a Ossétia do Sul. O governo georgiano disse que está pronto para começar negociações imediatas com a Rússia e finalizar as hostilidades.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.