Geórgia diz que está disposta a negociar com a Rússia

O presidente da Geórgia, Mikhail Saakashvili, disse hoje que está "aberto" a negociações com a Rússia, dois dias após o governo russo ter reconhecido a independência de duas províncias separatistas da Geórgia. "Sim, nós estamos abertos e estaremos abertos a negociações", disse Saakashvili, acrescentando que sua única condição para negociar é debater a presença de tropas russas em território da Geórgia.A Rússia enviou tanques e tropas contra a Geórgia, em resposta a um ataque georgiano em 7 de agosto, que pretendia retomar a região separatista da Ossétia do Sul. Moscou retirou a maior parte das tropas na sexta-feira, após um acordo de cessar-fogo patrocinado pela França. Apesar disso, milhares de soldados russos ainda permanecem nas duas províncias, em uma região tampão nas fronteiras com a Geórgia. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.