Geórgia intercepta contrabando de urânio enriquecido

As autoridades da Geórgia interceptaram no ano passado um contrabando de urânio altamente enriquecido para a Rússia, informou na quarta-feira o jornal The New York Times.Em seu site, o jornal disse que foi a segunda apreensão do material em dois anos e meio.O ministro do Interior da Geórgia, Ivane Merabishvili, afirmou que na operação, realizada em janeiro, agentes georgianos detiveram um russo que tentava levar cerca de 100 gramas de urânio da Geórgia à Rússia, disse o diário.Em 2003 as autoridades georgianas informaram a detenção de outra pessoa que tentava atravessar a fronteira entre Geórgia e Armênia com 170 gramas de urânio.A operação contou com agentes e especialistas dos Estados Unidos, disse um porta-voz do FBI, segundo o jornal.Especialistas afirmaram que nenhum dos dois casos envolveu material suficiente para fabricar uma arma nuclear. O ministro do Interior lembrou que, além dos dois casos com urânio enriquecido, as autoridades da Geórgia apreenderam em agosto do ano passado uma carga de um quilo de urânio bruto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.