Gerald Ford, ex-presidente dos EUA, morre aos 93 anos

O ex-presidente dos Estados Unidos Gerald Ford morreu aos 93 anos, informou na terça-feira, 26, sua esposa, Betty Ford. Gerald Ford sofria com problemas de saúde e no mês de agosto foi submetido a uma intervenção cirúrgica na Clínica Mayo de Rochester, em Minnesota, em decorrência de uma afecção coronária."Minha família une-se a mim para compartilhar a difícil notícia de que Gerald Ford, nosso amado marido, pai, avô e bisavô, faleceu aos 93 anos", disse Betty Ford em comunicado. "Sua vida foi preenchida por amor a Deus, por sua família e pelo seu país."Nascido em Omaha, Nebraska, em 14 de julho de 1913, Gerald Rudolph Ford chegou ao poder após a renúncia de Richard Nixon, em agosto de 1974, devido ao escândalo Watergate.Ex-congressista republicano, Ford assumiu o governo prometendo que "nosso longo pesadelo nacional terminou". Ele governou por dois anos e meio, com um estilo às vezes ridicularizado, até que perdeu a eleição presidencial de 1976 para o democrata Jimmy Carter.Desde sua saída da Casa Branca, morou em seu Rancho Mirage, no deserto da Califórnia, a cerca de 150 quilômetros de Los Angeles. Ele fora o mais velho presidente dos EUA vivo e estava doente e fora da vida pública há anos.Foi o único presidente dos EUA que não foi eleito nem para a presidência nem para a vice-presidência. Ford foi designado vice-presidente em 1973, depois que o vice de Nixon, Spiro Agnew, renunciou para evitar ser processado por corrupção. Como ele mesmo reconhecia, foi presidente por capricho do destino.Watergate e o perdão a NixonQuando Nixon renunciou, em 9 de agosto de 1974, para evitar um impeachment em meio ao escândalo da invasão politicamente motivada dos escritórios do Partido Democrata no complexo Watergate, em Washington, Ford tornou-se presidente.Um mês depois, em 8 de setembro de 1974, Ford chocou o país e provocou forte polêmica ao dar a Nixon "perdão total, livre e absoluto" por qualquer crime que possa ter cometido no cargo.Isso estabeleceu o padrão paradoxal deste político de tendência dura, que serviu durante 26 anos como congressista por Michigan."O presidente Ford foi um grande americano, que dedicou muitos anos de serviço ao nosso país", disse em comunicado o presidente George W. Bush. "Com sua integridade discreta, bom senso e instintos bondosos, o presidente Ford ajudou a tratar do nosso país e a restaurar a confiança pública na presidência."O pastor de Ford, o reverendo Robert Certain, disse que o ex-presidente morreu na terça-feira em casa, em Rancho Mirage, onde sua mulher e três filhos haviam comemorado o Natal um dia antes."Eles reuniram-se para o Natal, mas era sabido que (a morte) aconteceria em breve", afirmou ele em entrevista. "Não ficaria surpreso se o presidente Ford escolheu sair depois do Natal."Com a morte de Ford, restam três ex-presidentes vivos, incluindo George H. W. Bush, pai do atual presidente, Carter e Bill Clinton. Bush é o mais velho, com 82 anos, poucos meses a mais que Carter.Tentativas de assassinatoO curto mandato de Ford como 38º presidente dos EUA teve duas tentativas de assassinato, a queda do Vietnã, a captura de um navio dos EUA pelo Camboja, brigas constantes com o Congresso e um estilo desengonçado que lhe rendeu muitas piadas. Críticos ridicularizavam seu estilo desajeitado, dizendo que "não poderia mascar chiclete e andar ao mesmo tempo".Ford alimentou questões sobre seu intelecto e compreensão dos problemas com uma gafe notória em um debate eleitoral na televisão contra Carter em 1976. Ele disse, ao defender sua política externa, que "não há domínio da União Soviética no Leste Europeu".Ele quase conseguiu tirar os 30 pontos de vantagem de Carter, mas perdeu em uma das eleições mais disputadas da história dos EUA.Oficial da Marinha na Segunda Guerra Mundial, Ford casou-se com Betty Bloomer em 1948. A senhora Ford tornou-se também uma figura nacional, primeiramente como primeira-dama cheia de opiniões e depois com sua cruzada contra drogas e álcool.Os detalhes do funeral serão finalizados ainda nesta quarta-feira, mas o corpo de Ford será levado para Washington, antes do enterro em Grand Rapids, Michigan.Matéria ampliada às 14h51

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.