Girija Koirala assume cargo de primeiro-ministro do Nepal

O primeiro-ministro do Nepal, Girija Prasad Koirala, assumiu hoje o cargo no Palácio Real de Naryanhiti, em Katmandu. Após jurar o cargo perante o rei Gyanendra do Nepal e membros da aliança dos sete partidos políticos do país, o veterano líder presidiu a cerimônia de posse dos membros de seu gabinete, em seu escritório no Sangh Darbar. Embora a posse do primeiro-ministro nepalês costume ser acompanhada por seu juramento do cargo de membro do Conselho Privado, essa última cerimônia não foi realizada hoje, já que os sete partidos políticos exigiram a abolição desse órgão. A cerimônia de posse do primeiro-ministro nepalês, que devia ter se realizado na sexta-feira passada, foi adiada devido a seus problemas de saúde. O rei Gyanendra nomeou Koirala primeiro-ministro na tarde de quarta-feira. A decisão do monarca aconteceu após 19 dias de greve geral e violentos protestos para exigir o restabelecimento da democracia, nos quais 15 pessoas morreram e cerca de 5.000 ficaram feridas. Em 28 de abril, a sessão inaugural do Parlamento do Nepal decidiu convocar eleições para uma Assembléia Constitucional, diante da recomendação de Koiala. Koirala é o presidente do Congresso Nepalês, o maior grupo político do país e já foi primeiro-ministro em três ocasiões anteriores.

Agencia Estado,

30 Abril 2006 | 04h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.