Giuliani dá primeiro passo rumo à Casa Branca

O ex-prefeito de Nova York acaba de dar o primeiro passo para se tornar o futuro presidente dos Estados Unidos, informa a agência Associated Press. O republicano moderado Rudy Giuliani, que ganhou popularidade por sua ação após os atentados de 11 de Setembro de 2001, deu abertura ao processo de criação de um comitê eleitoral. No entanto, a criação do comitê não faz de Giuliani um candidato declarado. De acordo com a agência Associated Press - que teve acesso aos documentos - o ex-prefeito de Nova York deve começar a viajar pelo país, em busca de apoios para uma possível candidatura. De acordo com o porta-voz de Giuliani, Sunny Mindel, o republicano ainda não tomou uma decisão. "Com o preenchimento dos papéis, nós demos apenas o primeiro passo legal para nos organizarmos e arrecadarmos dinheiro para uma possível corrida presidencial em 2008". De acordo com as leis eleitorais dos EUA, Guiliani pode viajar e buscar apoio, sem assumir formalmente uma candidatura. Porém, ele é obrigado a cumprir as regras federais para arrecadação de fundos. Giuliani é considerado um político moderado e, em outras ocasiões, já declarou seu apoio ao casamento entre homossexuais e às pesquisas com células-tronco. A corrida rumo à Casa Branca em 2008 pode ficar ainda mais acirrada com as possíveis candidaturas do governador de Massachussetts, Mitt Romney, do senador do Tennessee Bill Frist, do governador de Arkansas, Mike Huckabee, e do governador de Nova York, George Pataki.

Agencia Estado,

14 Novembro 2006 | 10h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.