Giuliani é eleito a personalidade do ano pela Time

O prefeito de Nova York, Rudolph Giuliani, foi nomeado hoje pela revista Time como a personalidade do ano. Os editores da revista escolheram Giuliani por "ter mais fé em nós do que nós mesmos, por ter sido valente quando necessário e rude ou atencioso quando apropriado, por não dormir, nem desistir diante da dor de tantos ao redor dele". O editor Jim Kelly disse que no dia 11 de setembro ele soube que a personalidade do ano teria alguma conexão com os ataques ao World Trade Center e ao Pentágono. Os editores debateram por horas se o nome de Osama bin Laden, primeiro suspeito pela onda de terror, deveria ganhar o título.Mas Bin Laden "é um homem muito pequeno para ganhar crédito por tudo o que aconteceu na América no outuno de 2001", informou a revista. "É o que aconteceu depois da tragédia que definiu este ano".O assessor de comunicação de Giuliani disse que o prefeito ficou contente com a nomeação e que "esta honra deve ser dada ao povo da cidade de Nova York pela coragem e bravura que mostraram durante o mais terrível ataque nos Estados Unidos".O pacote especial da "Personalidade do Ano", que deve estar nas bancas dos EUA amanhã, inclui uma gravação de Giuliani sobre os atentados. Depois de oito anos como prefeito, Giuliani foi barrado de tentar um terceiro consecutivo mandato e seu lugar será ocupado, a partir de 31 de dezembro, pelo empresário, Michael Bloomberg.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.