Giuliani gostaria de executar Bin Laden pessoalmente

O ex-prefeito de Nova York, Rudolph Giuliani, perguntou ao presidente dos Estados Unidos, George Bush, se ele poderia executar "pessoalmente" o xeque saudita Osama Bin Laden, mentor dos atentados de 11 de setembro. No livro intitulado Leadership (Liderança), Giuliani conta que fez o pedido três dias após os ataques. "Eu falei para ele (Bush): ?Se você pegar este cara (Bin Laden), eu gostaria de ser um dos que vão executá-lo´. Tenho certeza que ele achou que eu estava exagerando. Mas eu estava falando sério", disse o ex-prefeito.No livro, Giuliani comenta que achava que ele seria o homem "apropriado" para assassinar o terrorista. "Bin Laden atacou a minha cidade e, como prefeito, eu tenho uma forte sensação de que eu seria a pessoa mais indicada para fazer isso.? Em entrevista ao jornal New York Times, Giuliani também falou sobre a possibilidade de retornar à política. "Aprendi que não se elimina opções. Não tenho idéia do que o futuro reserva." Existem especulações de que o ex-prefeito de Nova York possa ser indicado como chefe de um novo Departamento de Segurança Interna, a ser criado pelo presidente Bush.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.