André Dusek/Estadão
André Dusek/Estadão

Gleisi Hoffmann critica ajuda humanitária à Venezuela e diz que País se submete aos EUA

Em seu Twitter, presidente do Partido dos Trabalhadores fala em 'intervenção fantasiada de ajuda'

Luana Pavani, O Estado de S.Paulo

23 de fevereiro de 2019 | 17h13

A presidente do PT, Gleisi Hoffmann, comentou em seu perfil no Twitter sobre a situação na Venezuela neste sábado, em que a oposição ao governo de Nicolás Maduro coordena assistência humanitária com apoio estrangeiro, inclusive do Brasil.

A mensagem de Gleisi reforçou o discurso feito pouco antes em Caracas, pelo presidente venezuelano Nicolás Maduro, para quem a ajuda humanitária está a serviço do "imperialismo" norte-americano.

"Dias tristes nos esperam na América Latina com essa intervenção fantasiada de ajuda na Venezuela. Sofreremos por essa posição do Brasil de se submeter aos interesses dos EUA. Não serão eles a viver os efeitos desse conflito. Alertei tempos atrás", escreveu Gleisi.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.