Globovisión é multada por sonegação de impostos

O Conselho Nacional de Telecomunicações da Venezuela (Conatel), entidade governamental, multou a rede de televisão local Globovisión por ter deixado de pagar impostos federais, informaram hoje autoridades. A Conatel determinou que a Globovisión deixou de pagar imposto de mais de 51 milhões de bolívares (cerca de US$ 32.000), justificou o organismo em sua página na Internet, acrescentando que foi estabelecida uma multa de 55 milhões de bolívares.Em um tom desafiador, Alberto Federico Ravell, diretor da Globovisión, canal opositor ao presidente Hugo Chávez, afirmou que "não devemos nem um bolívar sequer a seu ?governito?, senhor presidente da República?.Os meios de comunicação privados da Venezuela, especialmente as redes de televisão, assumiram abertamente sua oposição ao governo atual, inclusive convocando a população para que participasse da última greve geral.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.