Golpe de Estado fracassa e militares são presos em Burundi

O governo de Burundi garantiu nesta madrugada que todos os militares tutsis que protagonizaram ontem uma tentativa de golpe de Estado contra o presidente de Burundi, Pierre Buyoya, foram presos. As informações são do Ministério de Defesa de Bujumbura, que não especificou quantos militares foram detidos. Liderados pelo tenente Pasteur Ndakarutimana, os militares anunciaram o golpe de Estado ontem à tarde, por meio da rádio oficial, fechando as fronteiras e impondo o toque de recolher. Leia MaisBurundi sufoca tentativa de golpe militar

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.