Golpista soviético morre aos 73 anos na Rússia

Gennady Yanayev tentou assumir a presidência da União Soviética antes de Mikahil Gorbachev, quatro meses antes da dissolução do país

AP

24 Setembro 2010 | 05h19

MOSCOU - O Partido Comunista Russo anunciou que o soviético Gennady Yanayev morreu aos 73 anos. Ele é considerado golpista, quando se declarou presidente da União Soviética, substituindo Mikhail Gorbachev.

O representante do partido disse que Yanayev morreu nesta sexta-feira, 24, após sofrer uma longa doença que não foi especificada.

Yanayev foi vice-presidente da União Soviética quando ele e outros golpistas chocaram o mundo em 18 de agosto de 1991, quando foi anunciado que Gorbachev estava cansado e Yanayev tomando o poder.

O golpe entrou em colapso após três dias e Gorbachev retornou ao poder, porém o golpe acelerou o colapso da União Soviética, que foi dissolvida quatro meses depois.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.