''Golpistas parecem ter fracassado'', diz governo francês

O movimento golpista lançado por membros do Exército da Guiné parece ter fracassado, afirmou a chancelaria da França, ex-metrópole do país. "Ao que tudo indica, as autoridades legítimas controlam atualmente a situação", declarou Eric Chevallier, porta-voz do Ministério do Exterior francês. "Temos uma reivindicação (por parte dos golpistas) que parece não se sustentar nos fatos", completou. União Européia, EUA, ONU e União Africana condenaram qualquer ameaça à transição democrática na Guiné. "Estamos ao lado do povo, que quer democracia", disse o assessor da Casa Branca Tony Fratto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.