Gore venceu, mas não levou

Urnas que não funcionaram, uma recontagem caótica e uma interminável briga judicial marcaram a eleição presidencial na Flórida em 2000. George W. Bush estava à frente de Al Gore por 1.784 votos, mas a recontagem vinha diminuindo a diferença. Quando ela estava em 537 votos, o governador do Estado, Jeb Bush, proclamou seu irmão vencedor. Na recontagem, os votos dos distritos de Nassau, Palm Beach e Miami-Dade foram ignorados. Após uma intensa batalha judicial, Bush foi declarado eleito.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.