Governador de Illinois diz que não vai renunciar

O governador de Illinois, Rod Blagojevich, declarou hoje que é inocente das acusações de tentativa de venda da vaga do presidente eleito Barack Obama no Senado. "Eu estou aqui para dizer que não sou culpado de nenhum delito criminal". Esta foi a primeira declaração substancial de Blagojevich desde que ele foi detido na semana passada sob acusação de corrupção. Ele afirmou que não vai renunciar. O advogado do governador, Ed Genson, disse que irá questionar a legalidade das escutas telefônicas que levaram seu cliente à prisão. Ele afirmou a um comitê que estuda o impeachment de Blagojevich, que considera os trechos das gravações "falatório" insignificante, inadequado e ilegal. "Eu acho que estão usando evidências que foram obtidas ilegalmente", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.