REUTERS/Bruno Kelly
REUTERS/Bruno Kelly

Governador de Roraima diz que fronteira com Venezuela será reaberta

Antonio Denarium afirmou que bloqueio será suspenso nesta quinta-feira; ele disse ter se reunido com 'aliado político' de Maduro

Felipe Frazão, Enviado Especial / Pacaraima (RR) , O Estado de S.Paulo

27 de fevereiro de 2019 | 20h09

O governador de Roraima, Antonio Denarium, disse na noite desta quinta-feira, 27, que a fronteira entre o Brasil e a Venezuela deverá ser reaberta amanhã, 28. Ele contou ter se reunido com um aliado politico do presidente Nicolás Maduro.

"Amanhã (quinta-feira) provavelmente a fronteira estará aberta por parte da Venezuela", afirmou em entrevista em Pacaraima. "Com a fronteira aberta teremos a possibilidade de liberar caminhões carregados de calcário e fertilizantes e milhares de brasileiros dentro da Venezuela impossibilitados de retornar."

Denarium disse ter se reunido com uma comitiva formada por ministros venezuelanos e um forte apoiador de Maduro, o governador de Bolivar, Justo Noguera, em Santa Elena do Uairén. Denarium, porém, não soube nominar os ministros, tampouco especificar se eram chavistas  ou opositores.

"Eu atendi a uma comitiva de ministros, não sei de qual lado partidário eles são. Não tratei de política", afirmou o governador. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.