Governador escapa de tentativa de assassinato no Iraque

O governador da província iraquiana de Anbar, Qasim al-Fahadawi, sobreviveu hoje à quarta tentativa de assassinato em apenas um ano, escapando sem ferimentos do ataque de um suicida que deixou seis feridos, disseram a polícia e funcionários do sistema de saúde.

AE, Agência Estado

17 de janeiro de 2011 | 16h19

Em dezembro de 2009, al-Fahadawi perdeu um braço e passou por uma cirurgia para reconstituir uma perna, após ter sido atingido por um homem-bomba suicida em seu escritório em Ramadi. Hoje, um suicida guiou seu carro-bomba para o meio do comboio de al-Fahadawi, que tinha 12 veículos. O governador não foi ferido no ataque, mas três dos guarda-costas da comitiva e três pedestres foram atingidos.

Em outro incidente hoje, um soldado norte-americano foi morto no norte do Iraque. O comunicado do Exército dos Estados Unidos disse que o soldado morreu em um incidente não relacionado a um combate, mas não deu mais detalhes. A morte eleva a 4.436 o número de soldados americanos mortos no Iraque, desde que a invasão dos EUA começou, em março de 2003, de acordo com contagem da Associated Press. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
assassinatogovernadorIraque

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.