Governador sobrevive a atentado na Turquia

Supostos rebeldes curdos abriram fogo contra o comboio que acompanhava um governador local e outras autoridades em uma província do sudeste da Turquia, matando dois dos soldados que faziam a segurança do grupo. O governador Ali Cafer Akyuz disse que cerca de 10 pessoas abriram fogo contra o comboio que retornava de uma cidade da província de Tunceli, cerca de 800 quilômetros a leste de Ancara. Akyuz afirmou que as forças de segurança responderam o fogo e que o tiroteio durou cerca de 10 minutos. Ele acrescentou suspeitar que rebeldes curdos estejam por trás do ataque. Os rebeldes são ativos na província, de maioria curda, e nas últimas semanas foram registrados vários conflitos. Há 15 anos os curdos travam uma guerra por autonomia regional no sudeste turco, na qual 37.000 pessoas já morreram.

Agencia Estado,

08 Julho 2003 | 17h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.