Governadora é cotada para compor governo de Obama

A governadora do Arizona, Janet Napolitano, surge como um nome forte para assumir como secretária de Segurança Interna dos Estados Unidos, afirmaram funcionários democratas hoje. Janet foi um dos primeiros governadores a apoiar o presidente eleito Barack Obama em sua campanha. Três assessores advertiram que a decisão final não estava tomada. O titular do posto dirige uma grande estrutura, montada após os atentados de 11 de setembro de 2001. Os funcionários falaram sob condição de anonimato. Vários meios de comunicação afirmaram hoje que a empresária Penny Pritzker, de Chicago, era a favorita para ser a próxima secretária de Comércio dos Estados Unidos. Porém um alto conselheiro de Obama rebateu esses relatos.Em seu governo, Janet luta bastante para combater a imigração ilegal, porém demonstrou ceticismo sobre a capacidade de a construção de um muro resolver o problema.Em sua campanha, Obama pregou que faria uma renovação entre os funcionários do governo. Porém agora muitos dos nomes já apontados ou cogitados têm longas carreiras em Washington. Obama apontou o ex-líder do Senado Tom Daschle como seu secretário da Saúde. A senadora Hillary Rodham Clinton, ex-primeira-dama, é cotada para ser secretária de Estado. O procurador-geral do próximo governo será Eric Holder, número 2 do Departamento de Justiça no governo Bill Clinton. O futuro chefe-de-gabinete de Obama, Rahm Emanuel, é outro veterano da era Clinton.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.