Governo aconselha turcos a não viajarem para o Líbano

A Turquia aconselhou seus cidadãos a evitarem viajar para o Líbano, onde dois turcos foram sequestrados nesta semana. O ministro de Relações Exteriores da Turquia disse nesta sexta-feira que aqueles que residem no Líbano devem tomar "todos os tipos de precauções" de segurança.

AE, Agência Estado

17 de agosto de 2012 | 12h05

Na quarta-feira, membros de um poderoso clã xiita do Líbano anunciaram o rapto de mais de 20 sírios e um turco, em retaliação à captura de um integrante do grupo na Síria. O alerta do governo foi emitido algumas horas após a confirmação de que um segundo turco, um caminhoneiro, foi feito refém na quinta-feira.

A onda de sequestros vem aumentando as preocupações de que a guerra civil na Síria esteja espalhando-se para o Líbano. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
TurquiaLíbanosequestros

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.