Governo admite derrota em eleição na Irlanda

DUBLIN - A situação governista da Irlanda admitiu nesta sexta-feira, 26, a derrota na eleição para uma cadeira no Parlamento que representa o Estado de Donegal South-West, informaram a BBC News e a Sky News.

AE, Agência Estado

26 de novembro de 2010 | 13h20

 

A disputa eleitoral foi vencida pelo oposicionista Sinn Fein, o que reduziu para duas cadeiras a vantagem da atual administração no Parlamento. A vaga era ocupada há anos por um parlamentar do Fianna Fail, principal partido da situação. Com a renúncia dele, porém, foi preciso realizar ontem a nova eleição.

 

A perda de espaço do governo ocorre no momento em que os congressistas se preparam para votar o crucial Orçamento de 2011 da Irlanda, no dia 7 de dezembro, em meio à crise econômica enfrentada pelos irlandeses.

 

Na quarta-feira, o governo anunciou que pretende economizar 15 bilhões de euros, cortando gastos e elevando impostos. A intenção é reduzir o déficit orçamentário para abaixo de 3% do Produto Interno Bruto (PIB) até 2014. Para 2010, a estimativa é que esse déficit fique em 32% do PIB. Uma eleição geral deve ser realizada no início do ano que vem, após o Partido Verde anunciar que deixará a coalizão governista nacional. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Irlandaeleiçãogovernoderrota

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.