Governo alemão chama falas de Berlusconi de 'absurdas'

O governo da Alemanha chamou de "absurdos" comentários do ex-premiê italiano Silvio Berlusconi sobre a percepção alemã de campos de concentração nazistas. No fim de semana, Berlusconi disse que os alemães acreditam que "os campos de concentração nunca existiram".

AE, Agência Estado

28 de abril de 2014 | 14h53

Segundo o porta-voz da chanceler Angela Merkel, Steffen Seibert, as alegações "que foram feitas são tão absurdas que o governo não vai comentá-las". Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
AlemanhaBerlusconi

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.