Governo argentino fecha acordo com oposição

O chefe de gabinete de ministros, Chrystian Colombo, anunciou ontem à noite que o governo chegou a um acordo de ajuste fiscal com cinco governadores de Provínciais controladas pelo opositor Partido Justicialista (peronista). Esse grupo de governadores aceitou o ajuste apresentado pelo presidente Fernando de la Rúa no domingo. Os outros nove governadores recusaram o acordo proposto por De la Rúa, mas apresentaram uma contraproposta de ajuste, que depois de uma rápida negociação foi aceita pelo governo. O acordo será assinado hoje. Leia mais

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.