Governo argentino multará energéticas por apagão

O governo argentino anunciou que multará as empresas de eletricidade de Buenos Aires por um apagão que afetou o centro da capital argentina nesta quinta-feira. Segundo o governo de Néstor Kirchner, o corte no fornecimento de energia foi uma ameaça das companhias, que pedem aumento nas tarifas para que sejam realizados novos investimentos no setor de energia.Na quinta-feira, o centro de Buenos Aires - incluindo a Casa Rosada e o Congresso Nacional - ficaram às escuras, um dia depois de as companhias terem advertido que poderiam cortar o fornecimento de energia caso o governo não liberasse o aumento. As empresas do setor argumentam que a demanda de energia aumentou em 18% em agosto e setembro e que, a esse ritmo de crescimento e sem investimentos, o sistema fica muito vulnerável.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.