, O Estado de S.Paulo

20 de setembro de 2010 | 00h00

Militares colombianos mataram 22 membros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) ontem na região do Rio San Miguel, na fronteira com o Equador. A informação foi confirmada pelo ministro da Defesa colombiano, Rodrigo Rivera. O governo do presidente Juan Manuel Santos iniciou uma ofensiva na região depois que oito policiais foram mortos em um ataque com foguetes no local, há uma semana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.