Governo autônomo quer voos diretos para a capital armênia

Fechado há mais de 20 anos por causa de disputas em Nagorno-Karabakh, o governo da RNK investiu mais de US$ 3 milhões nos últimos dois anos para modernizar e reabrir o aeroporto de Stepanakert. A principal motivação por trás da abertura do novo terminal é permitir a ligação aérea entre a RNK e a capital da Armênia - uma viagem que atualmente leva de cinco a oito horas por terra e poderia ser realizada em menos de 40 minutos de avião. A atitude foi considerada uma provocação pelo governo do Azerbaijão.

Solly Boussidan, O Estado de S.Paulo

22 de maio de 2011 | 00h00

Arif Mammedev, chefe do Departamento de Aviação Civil do país, declarou que seu governo pretende abater qualquer aeronave que cruze ilegalmente o espaço aéreo azeri. A previsão inicial é que o aeroporto entre em funcionamento em breve, mas, com a escalada da tensão entre Azerbaijão e Armênia, a data pode ser alterada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.