Governo autoriza aumento de preços

O governo do Zimbábue permitiu o aumento de 20% dos preços dos produtos básicos no país, após ter ordenado, em junho, um corte de 50%. Com a queda forçada de preços, muitas fábricas recusaram-se a reabastecer supermercados e lojas, prejudicando os zimbabuanos. Atualmente, o país enfrenta uma crise econômica causada principalmente pela inflação anual de 7.600%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.