Governo boliviano propõe aumento salarial a policiais que estão amotinados

O governo da Bolívia indicou ontem que está disposto a aumentar os salários de policiais de baixa patente que estão amotinados e pediu diálogo. O motim atinge mais de 20 quartéis e comandos policiais nas 10 principais cidades: La Paz, El Alto, Oruro, Cochabamba, Santa Cruz, Potosí, Tarija, Sucre, Trinidad e Cobija. Ainda ontem, cerca de 300 policiais amotinados atacaram com paus e pedras o quartel-general da Polícia Nacional em La Paz. Saques também foram registrados a uma quadra do palácio presidencial. Os policiais querem um aumento salarial de 70% e aposentadoria resguardando 100% de seus rendimentos . Com esse aumento o salário chegaria a 2.000 bolivianos (US$ 287).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.