Governo britânico avalia regulamentação da imprensa

O juiz que passou um ano investigando os atos ilícitos dos jornais britânicos concedeu ao primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, uma avaliação preliminar das recomendações do premiê à regulamentação da imprensa.

AE, Agência Estado

28 de novembro de 2012 | 12h57

Autoridades informaram que Cameron receberá um relatório do juiz Brian Leveson nesta quarta-feira, um dia antes de sua divulgação ao público, mas o premiê já está sendo assediado com conselhos sobre como ele deve responder às recomendações.

A grande questão do governo é se vale a pena regulamentar a imprensa ou se o melhor seria dar a ela uma nova chance de auto regulamentação. Mais de 80 políticos dos três principais partidos assinaram uma carta alertando Cameron contra a legislação, enquanto 42 membros do partido governista motivaram a criação de novas e rígidas leis.

O relatório disserta sobre uma longa lista de grampos telefônicos e outras intrusões da imprensa à vida privada.

As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Reino UnidoImprensa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.