Governo britânico diz que irá reduzir suas tropas no Iraque

O ministro das Relações Exteriores britânico, Jack Straw, disse nesta quarta-feira que "discussões ativas" sobre a retirada das tropas britânicas do Iraque estão sendo realizadas e que ele espera "boas notícias" para os próximos 12 meses. "Não podemos publicar hoje um cronograma dizendo que deixaremos o Iraque em determinada data", disse Straw à BBC.Segundo ele, os governos britânico e iraquiano estão convencidos de que a maneira mais segura é reduzir as tropas aos poucos, de província em província.Mortes Os comentários acontecem depois de as forças armadas britânicas terem sofrido, na terça-feira, a centésima baixa desde a invasão do Iraque em 2003.Straw afirmou ainda que os britânicos que perderam a vida no Iraque "não morreram em vão", já que ajudaram o país a passar de uma tirania a uma democracia.No entanto, em entrevista à BBC, o coronel Tim Collins, ex-oficial do exército britânico, disse que a retirada seria precipitada, já que problemas sérios continuam no país, como a insurgência, o terrorismo de grupos estrangeiros como a Al-Qaeda e crimes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.